segunda-feira, janeiro 01, 2007

Poetamigo FERNANDO MEDEIROS


Meus caros leitores e amigos, é com o coração batendo feliz em poesia que eu apresento a vocês o escritor e poeta FERNANDO MEDEIROS, que a partir de agora me honra com sua hospedagem em meu site», como meu querido e talentoso poetamigo (cliquem no menu à esquerda em "poetamigos" e saibam mais sobre este poeta que pinta imagens em versos, passando por todas as épocas e estilos até alcançar com perfeição o que será a pós contemporaneidade).

Poeta e escritor nascido na cidade de Campinas/SP. Possui inúmeros escritos, alguns já editados, outros a serem editados em meu site, no Recanto das Letras» e no Leia Livro». Ele está entre os dez finalistas do "Quarto Concurso Arthur Bispo do Rosário", organizado pelo Conselho Regional de Psicologia e Secretaria de Educação de São Paulo. Leiam mais»

Trouxe uma poesia dele para vocês:

AQUÁRIO

Possa o aquário das sombras
revelar-me as mansidões
e o suplício da incongruência.
Sinto que fico no arraial, risonho...
Um longo bloqueio de batalha asquerosa
faz da rosa um susto no qual me indago.
Mais do que tudo isto,
vou através de um aquário,
e na vitrina comercial já rebaixada
é constituído em mim um arsenal
clandestino.
Possa o sino deslanchar seu desprendimento
ao encontro de meu sentimento,
forma-se, assim, o conjunto do meu encantamento.
Passa a amada e eu no aquário,
ela sorri, sabe da minha tragédia.
Deixa estar, pois venceremos,
um território invisível me prediz
onde a luta é sustentável,
irrevogável
o novo fim, a revelação.
É o aquário um resumo de mar comercializado.
As palavras giram neste mar-aquário.
Deixa estar, pois romperemos, e
nenhuma lembrança de mar perdido
sob novas lamparinas
em cada riso incandescente do poeta vitorioso...

Fernando Medeiros


Gnomo Rosado: mas porque a Magalena pôs um farol nesta postagem?

Gnomo Azul: me admira muito que você, sua criatura Rosada não saiba! Claro que é para iluminar os morangos do blog.

Fantasia: nada disso, minhas criaturinhas fantásticas. É porque o poeta Fernando Medeiros é uma luz que se destaca no mar revolto das letras.

Beijinhos.

Um comentário:

  1. At 6:57 PM, Dezembro 03, 2006, joesio disse...
    Ninguém acertou!... Madalena postou um farol só para ver direito quem é esse tal DUENDE LILÁS que há pouco tempo vem metendo seu narigão sujo onde não é chamado... Acho que por isso!...

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...