segunda-feira, janeiro 01, 2007

Uvas de dezembro



Explodem
uvas frescas
entre os
dentes
ávidos
por variados
pedidos
e fogos
de artifício
estouram
champanhe
no céu.

Uma cesta de vida
com as uvas maduras
de dezembro,
guarda em seu vime
as sementes do ano novo.

Madalena Barranco

Gnomo Rosado: hum, refresco de morangos frescos... Uvas rosadas!

Fantasia: isso, amiguinho Rosado, sonhe!!! Faça seus pedidos na noite do dia 31 de dezembro e em vez de guardar as sementes, espalhe-as sobre a terra e fertilize sua imaginação.

Beijinhos! E que o ano novo tenha versos em vez de dias. E que a poesia paute sem razão alguma, as estrofes harmônicas de todos os corações. E que todos possamos enfim, libertar o segredo de nossas próprias asas.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. joesio disse...
    ...Enquanto isso - entre as ramas das videiras - um certo DUENDE LILÁS observa os fantásticos seres do SE EU FLOR DE MORANGO: "Vou pedir ao prof. Joésio para deixar-me passar a virada do ano com essa turma. Aqui é mais animado; o pessoal é mais jovem; as frutas são fartas; a alegria é mais constante. Além do mais, aqui tem a Fada Madalena, que é uma gatinha. Lá, no PORTAL DA POESIA, as pessoas parecem mais velhas e, desde que fui adotado pelo professor, nunca vi nem uma jabuticabinha sequer. Lá só tem poesias, poesias e mais poesias. Bah! Já 'num güento' mais tanta poesia!... Mas que ele não fique sabendo disso!..."

    10:52 AM, Dezembro 29, 2006

    ResponderExcluir
  3. Ai que delícia passar por aqui! Tem uvas, cerejas, nozes... e um encanto fascinante chamado :MADALENA BARRANCO!!

    Um lindo ano pra vc minha querida, com muita fantasia no ar!

    beijo da LU

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...