quinta-feira, março 22, 2007

Dia Mundial da água


ÁGUA DA MONTANHA

Insinua-se
sobre o leito
e se deixa rolar
arrastando
todo seixo.

Canta. Abre
a garganta
solta seu H2O
pela cachoeira
que escorre
até o vale.

Na umidade
da vida
a montanha
se fertiliza.

Magalena: vamos também abrir a garganta, mas para defender nossa água da poluição...

Gnomo Azul: e do descaso dos seres humanos, que desalojam as criaturas fantásticas que vivem nos lagos, rios e cachoeiras, despejando-lhes em seu habitat: lixo, detritos tóxicos e todo tipo de desrespeito à natureza!

Platinho: deixem a montanha filosofar em paz sobre a correta distribuição da água de suas fontes, para que esse líquido precioso e doce possa chegar cristalino a todas as gargantas do mundo!

Gnomo Rosado: então, vamos abrir a boca também para comer moranguinhos?? Eles precisam de muita água para se multiplicar!

Bruxa Uva: bah, para que tanto trabalho em avisá-los?! Deixe a água doce e potável acabar... Vocês não vêem que é isso o que a humanidade está procurando? Basta que me deixem um poço para ter água para cozinhar meus sapos, que o resto não importa. Ah, e o dia mundial da água foi ontem...

Magalena: dona Bruxa Uva, você não me deixa passar nada, hein? Por falar em "passar", visitem meu site» e conheçam a força da "Água Doce", numa poesia de amor à natureza!

Beijinhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...