quinta-feira, março 01, 2007

VOLTAMOS!!! (Pela metade do morango...)


Magalena e todas as criaturas fantásticas do blog Morango, pulando de alegria, anunciam seu meio retorno às morangolícias do blog e...

Gnomo Rosado: a culpa foi da Bruxa Uva, cara de uva passa! Só porque no Carnaval ela se internou no spa Vale das Tarântulas Negras, ela fez uma bruxaria e quebrou o monitor da Magaleninha...

Moscatela Roxa: não fale assim de minha mestra! Ela fez isso para impedir que o mundo da fantasia ficasse perneta. Mas, porque ela disse isso???? Não entendi.

Bruxa Uva: ah, sua aprendiz de moscas roxas! Será que você e os outros ainda não perceberam que sem mim, o planeta não gira?! Sem ying não há yang, sem mal não se vê o bem, sem bruxa não há vassouras, sem Bruxa Uva não existe o blog Morango!

Magalena: está bem... Está mesmo é MAL! Bem, olhando com atenção, acho que o spa deixou a Bruxa Uva com as verrugas esverdeadas! Ai, e o que ela fez nas sobrancelhas??

Bruxa Uva: gostou? Sua invejosa! São os novíssimos e modernos implantes de pêlos de aranhas marrons para sobrancelhas de bruxas.

Gnomo Azul: isto aqui é um salão de beleza ou um blog? Vocês têm X dias para pôr os assuntos em dia. Esta "lan-house" até que é fantástica, mas prefiro o escritório da Magalena. Snif.

Platinho: psiu - quietos! Estou acordando de um sono filosófico.

De um canteiro de flores da tela acesa, ouviu-se um farfalhar de asinhas amassadas e surgiu a fada Margarida, ainda meio torta por ter passado tantos dias encaçapada à rede de caçar borboletas da Bruxa Uva. Mesmo assim, com sua habitual meiguice, recitou uma poesia:

Se me disseres bem-me-quer
serei translúcida pétala em teu coração,
mas se me arrancares do miolo dourado
e me falares: mal-me-quer,
tombarei minha haste sobre a terra
e serei a palha do que fui flor...

Gnomo Rosado: a fada Margarida deve estar com saudade da Primavera. Sampa está derretendo de calor! Mesmo assim, isso não é desculpa para excluir os morangos ultra contemporâneos de sua poesia.

Beijinhos.


2 comentários:

  1. cheguei aqui envolta no vento, adorei este teu cantinho, continua, agora parto novamente no vento...
    fica bem

    ResponderExcluir
  2. Timidamente, aquela criaturinha LILÁS chega e espia pela janela do Flor de Morango. Ela lança seu cinzento olhar para um lado e para o outro, buscando encontrar a sua fadinha predileta. Não a encontra. Seus lindos olhinhos cinzas ficam úmidos de saudades. Suspira fundo (um daqueles suspiros que parece ter vindo lá dos calcanhares!) e retira-se sem nada dizer.

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...