terça-feira, abril 03, 2007

A Esquecida, de G.Zwicker - resenha

G.Zwicker conta a história de Camila A. Chasey, de 17 anos, que vive tentando conformar-se com a ausência dos pais - quase sempre em viagem ao exterior - o que faz da empregada sua confidente e de seu gato vidente, seu amigo. A adolescente possui o dom de ver e conversar com os mortos, que a procuram para resolver situações que ainda os prendem a terra.

No dia em que a empregada alertou-a para tomar mais cuidado e não sair atrás de fantasmas, Camila recebeu a visita de Dimitri - um fantasminha legal - que em seguida fez amizade com o gato e se apresentou como protetor da adolescente. Ele trouxe-lhe a notícia do suicídio de Larissa, uma aluna da mesma escola dela. Camila, que detestava o assédio dos fantasmas, pois nunca pediam licença para entrar em sua casa e em sua vida, viu-se obrigada a investigar sobre a garota suicida. Dimitri avisara-a que Larissa estaria prestes a vingar-se de vários alunos na escola e algo precisava ser feito.

Camila era "abençoada" e podia defender-se dos mortos como se eles ainda tivessem corpos. Porém, em seu primeiro encontro com a suicida, se não fosse por Dimitri, seu protetor, ela poderia ter morrido, tal era a fúria de Larissa, que começou a eliminar seus desafetos.

Após muitas aventuras e brigas com a suicida, enfrentadas por Camila e Dimitri, a heroína descobriu o problema de Larissa: a adolescente sentia-se rejeitada e incompreendida por todos, ou seja: "A Esquecida".

Em meio àquela situação, os pais de Camila voltaram de viagem e pela primeira vez deram à filha a atenção que ela sempre desejara... Mas, Camila teve que recusar o convite para sair com eles, porque esperava-a o último e terrível confronto na toca da suicida. A heroína foi gravemente ferida por Larissa, que também derrubou Dimitri. A seguir, ouviu-se o choro da suicida, que estava agarrada à uma boneca com a cabeça decepada. Foi aí que Camila conscientizou-se da verdade e adentrou o "sonho" de Larissa, o que fez a heroína deixar de sentir a dor da surra e transformar-se em outra pessoa ao aproximar-se desarmada de Larissa.

O fantasma de Larissa libertou-se da treva ao conseguir sua primeira amiga de verdade e Camila descobriu mais uma faceta do seu dom, com a ajuda do fantasminha legal.

Magalena: A jovem escritora G. Zwicker reforça a idéia de que não estamos sós, ao fazer a releitura do mito da bruxa & seu gato, atualizada com sua visão original. A leitura é agradável, divertida na medida certa e instigante. O livro "A Esquecida" faz emergir a magia pessoal através da história, que interage com as dimensões da vida e da morte. O ódio suscitado pelo sentimento de abandono de uma adolescente suicida, acaba levando ao perdão e à conseqüente libertação do seu fantasma, operando milagres de transformação em ambas partes.

- O portal LEIA LIVRO», site do governo de São Paulo de incentivo à literatura, selecionou minha resenha "A Esquecida" para publicação no site.

Gnomo Rosado: por aí vocês têm uma idéia do que é ser ESQUECIDO, assim como eu fui nessa postagem...

Bruxa Uva: bah, o bem sempre vence o mal e blá blá blá. Se vocês vissem a quantidade de fantasmas que vagam por aí e o quanto eles influenciam os incautos. Hehehehehe, precisaríamos de mil e uma Larissas para contê-los! E esse livro é uma afronta à liga das Velhas Bruxas, pois o gato da capa do livro é branco! Cadê o tradicional gato preto????

Magalena: nem vou lhe responder, viu sua Bruxa Uva? Os leitores do Morango são espertos e conhecem a magia da luz! Por isso, sua verruguenta verde, nem adianta assustá-los. Os morangos são agridoces e os humanos são morangos, oras!!!

Gnomo Rosado: depois dizem que gnomo não é ser humano. Obrigado Magaleninha. Estou tão feliz, que eu trouxe sua foto para que todos saibam de que jeito a Madalena Barranco fica quando vira Magalena dentro do blog Morango! Ah, ela tem diversas formas, mas essa do moranguinho é minha preferida.


Magalena em sua versão blog Morango

Beijinhos e boa leitura!

Um comentário:

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...