domingo, abril 15, 2007

Água doce... Tudo pela ecologia!


ÁGUA DOCE

Fontes sagradas
explodem
das veias da Terra.
Minhas lágrimas doces
escorrem pelos dedos
das montanhas
e têm os pingos conspurcados
pelos braços das cidades...

Voltarei algum dia
a ser cristalina
no fundo do teu olhar?

Poderei entregar-me sem nódoas ao mar
e doar-lhe a doçura em seu leito de sal?

Madalena Barranco
Registro na FBN/EDA

Sereia Algalinda: eu, eu... Amo tanto o caudaloso Rio, que depois de viajar tanto consegue chegar ao leito do meu mar bravio! Eu fico tão feliz e ao mesmo tempo, tão triste sereia, ao perceber que meu rico Rio, que é valente água da doçura, chega ao mar tão poluído e maltratado pelas criaturas anti-fantásticas da Terra...

Magalena: eu escrevi essa poesia em um dia de doce garoa na minha janela, onde eu podia ver a serra da Cantareira no momento mágico em que de verde ela fica azul. A transição é rápida e quando o azul profundo toma conta da montanha, eu me lembro que além dela há outra serra, a do mar e depois o seu oceano, amiguinha sereia Algalinda, que veio de tão longe para prestigiar nosso blog Morango! Eu também me lembrei de um livro maravilhoso que li há pouco e do qual fiz uma resenha: "Pirahy - uma aventura no Tietê", de Luiz Carlos da Silva, que é linda ode à ecologia e preservação da natureza. Na próxima vez eu publico a resenha, está bem?

Bruxa Uva: bah, se o tema da postagem é "água doce" o que faz essa sereia enxerida por aqui???? Assim ela vai acabar salgando o blog e até o meu caldeirão, onde estou cozinhando sapos e...

Sereia Algalinda: ora, dona Bruxa Uva, acalme-se! E receba meu recado do mar. Eu lhe trouxe algas para a sopa...

Beijinhos de água doce a favor dos rios brasileiros e do mundo todo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...