sexta-feira, março 21, 2008

Chocolate ao gente – poesia & novidades da moranguinha


CHOCOLATE AO GENTE


A árvore deu flor e
das pétalas nasceu o fruto.

Cacau cresceu, torrou-se de paixão,
casou com açúcar, e virou
chocolate ao gente... Derretido.

O ovo ganhou forma,
encheu a barriga de bombons
e ressuscitou a doçura
na Páscoa de uma criança.

Madalena Barranco
Da série: Fantasia & Alegria
Registro na FBN/EDA

Fada Margarida: fadas são fissuradas por chocolate ao pólen & mel! Aqui no mundo da fantasia do Letras de Morango, eu confecciono ovos de chocolate combinados com as maravilhas da natureza. Aqui, o sentido de ressurreição vai além das datas “criadas” pelas instituições filosóficas ou religiosas, porque nas “histórias de fadas” tudo pode acontecer e a magia da renovação da vida celebra-se todos os dias. Eu, ih, tenho até vergonha de dizer... Mas, é que antes de nascer fada, fui uma gnomo, e antes disso fui bruxinha...

Bruxauva: ah, mas agora você pisou na ponta de cada verruga de meu lindo corpo esverdeado!!! Que ofensa! Você acha que eu, por acaso, submeter-me-ei a ser algo parecido a um gnomo orelhudo e depois a uma fada insossa? Eca! Eu tenho meus meios de driblar a evolução natural. Afinal, sou bruxa ou não?

Platinho: não ligue para a dona Bruxauva, fadinha Margarida. Ela não tem filosofia suficiente para sustentar essas hipóteses malucas. Mande-a caçar sapos, que ela vai gostar – hehehe – e ouça-me:

FILOSOFIA DE PÁSCOA

O cacau se deixa torrar para ser um dia bombom.

Parte-se o ovo e nascem bombons.

Madalena Barranco & Platinho (o filosofinho do Morango)
Da série: Fnatasia & Alegria
Registro na FBN/EDA.

Bruxauva: isso é o que você pensa! Aguarde-me e veja do que sou capaz. Zapt, zupt! Nasçam-lhe orelhas felpudas de gnomo que não toma banho há mais de cem anos...



Magalena: e agora, turminha, o que será de Platinho se ele ficar orelhudo para sempre? Será que depois de comer os ovos de Páscoa especiais da fada Margarida, ele ressuscitará em sua forma antiga de menino inteligente? Aguardem o próximo post.


---> NOVIDADES DA MORANGUINHA:

O blog DEBAIXO DO BULCÃO, de António Vitorino, querido amigo da Magalena do outro lado do mar, lançou nestes últimos dias o poezine nº 32, que é distribuído como um jornalzinho na cidade portuguesa de Almada. Entre muitos poemas maravilhosos de talentosos poetas portugueses e também do António, a Magalena foi presenteada com a publicação de um poema dela nesse criativo e distinto jornal. O poema é “Singular margarida” (leiam - cliquem aqui).

Para ganhar um exemplar virtual, favor acessar aqui, para fazer o pedido ao António Vitorino.


Beijinhos e obrigada

20 comentários:

  1. Beijos desde Portugal!

    E obrigado! (Pela simpatia e pela divulgação)

    António Vitorino

    ResponderExcluir
  2. Oi, Madalena!

    Obrigada pelas lindas palavras lá no meu blog e por adicionar o link... Fiquei felicíssima.

    O seu canto aqui é colorido, cheio de tesouros. Maravilhososo. Parabéns.

    Virei vê-la sempre. Aguarde!

    bj
    Ilaine

    ResponderExcluir
  3. Madalena,

    o "Chocolate ao Gente" está tão gostoso de ler que deu vontade de comer. E gosto muito das discussões entre os habitantes do mundo das letras de morango. Espero que o Platinho volte ao normal.

    ÓLtima Páscoa pra todos.

    ResponderExcluir
  4. António, que bom que gostou!!! Seu poezine e sem empenho em divulgar a poesia merecem o carinho. Beijos.

    Ilaine, nova amiga do Morango, fique a vontade e muito obrigada. Beijos.

    Zeca, eu e as criaturas também estamos torcendo para que Platinho fique bem... Heheh!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. "CHOCOLATE AO GENTE"

    Ai magalinda, essa frase ficou muito linda, viu? Dá até um poema?!
    Sabe-se lá não acha? Hehehe...
    Suas criaturinhas estão em festa, o coelhinho da páscoa já passou e deixou lindos ovinhos!

    Bjs e muito chocolate!
    Lu Cavichioli

    ResponderExcluir
  6. Madá

    Lindo poema e lindas intervenções das "criaturinhas fantásticas".

    Vamos continuar aquecendo nossos bloguinhos.

    Beijos
    do Marcos

    ResponderExcluir
  7. Boa!
    Quero ser criança, de novo!

    Obrigado pelas suas palavras referentes aos dois meus últimos posts.

    Desejo-lhe uma Boa Páscoa.

    ResponderExcluir
  8. Madalena...
    que chocolate maravilhoso.

    Beijos e Feliz Pascoa

    ResponderExcluir
  9. Madalena e suas maravilhosas criaturas mágicas, desde aqui da aldeia tá indo até aí um carroção de ovos de chocolate e (pessankas) pra celebrar a beleza e a magia de seu blog do mundo, tão encantado!
    Feliz Pascoa e milhões de estrelas nas cestinhas, beijos mil, lilian

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu, que bom que você gostou do"chocolate ao gente" - heheheh! Obrigada e beijos com a doçura da Páscoa para você e linda família.

    Oh, Marcos, vamos sim, manter em nossos bloguinhos a chama da amizade, que derrete até chocolate! Beijos.

    Vieira, oba!!! Vamos então atacar os confeitos e até as letras de doçura. Obrigada! Seus poemas, principalmente o último mexeu com esta leitora. Beijinhos.

    Jacinta, seja sempre bem-vinda, querida, para um lanchinho de morangos com chocolate! Beijos.

    Lilian, amiga da aldeia mágica, eu adorei a idéia da carroça cheia de chocolates - huuum! Desse jeito voiu acabar engordando de tanto ler coisas doces... Beijos - eheheh!

    ResponderExcluir
  11. Um mundo maravilhoso com sabor a chocolate fica ainda mais encantado.
    Feliz Páscoa
    Luiz Ramos

    ResponderExcluir
  12. Nossa! Orelhas felpudas? Quanta maldade!
    Madá, nem te conto! Vou passar a páscoa sem comer ovinhos. Depois conto! (rs*)
    Feliz páscoa! Não faça chocolate de gente heim Bruxauva!!
    Beijus

    ResponderExcluir
  13. Olá Luiz querido!!Feliz Páscoa para você e família, comc arinho. Beijos. P.S. seu blog está um show - as fotos estão melhores do que cartões postais!!!

    Luma... Eu confesso que também não como ovinhos de Páscoa... Muito chocolate me faz mal... Mas, eu já comi meia barrinha de chocolate e me sinto satisfeita!!!! Ah, o Platinho ficou tão orelhudo - coitado... Hehehe! Beijos, queida e feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. Madalena
    Um poema achocolatado, ai,ai, que delícia.
    Mas orelhas felpudas foi demais Bruxauva! vamos tratando de desfazer esse mau feito.
    Bjs,
    Denise BC

    ResponderExcluir
  16. Deliciosa tua postagem sobre a Páscoa! Gostei demais!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  17. Dizem que dez entre onze mulheres gostam de chocolate. Percebo agora que a estatística também vale para as fadas.
    Por outro lado, visitar este espaço é sempre um aprendizado, não conhecia esta vertente evolutiva do kardecismo: bruxinha, gnomo, fada. E, desta vez acho que a Bruxauva tem razão em reclamar. Anteceder ao gnomo nesta "linha de evolução", acho um pouco demais. O que é mesmo que um gnomo faz?
    Gosto deste seu universo, onde é possível casamentos entre cacau e açúcar, e ovos enchem a barriga de bombons.
    Campos de Morango para sempre.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Denise, também achei que a bruxa exagerou desta vez ao condenar o Platinho a ser orelhudo... Mas acho que ela está reconsiderando... Hehehe! Beijos, querida, e obrigada.

    Letícia, e eu adorei seu comentário e incentivo aos chocolates! Beijinhos.

    António... E eu também! Mas tenho que moderar o consumo. Beijinhos.

    Oliver, seus comentários são de talento, assim como suas crônicas. E... Gostei de mais esta sua reflexão: fadas também gostam de chocolates! Beijos e muito obrigada, querido amigo.

    ResponderExcluir
  19. Querida Madalena,

    A Páscoa passou, mas o renascimento se vive a cada dia.Tenho certeza que tiveste uma Páscoa abençoada.Os teus textos estão adoráveis.Carinho e bjins meus, Betha.

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...