sábado, abril 26, 2008

Moscatela Roxa e a Lua – falando de Lu Cavichioli...




“Magalinda, seus posts continuam fantásticos e únicos, como você!Deixo aqui um trecho, breve mesmo sobre minha personagem favorita.Pra vc Maga com carinho da Lu.Podemos continuar a historinha se quiser.”
Comentário recebido da Lu Cavichioli, amiga da Magalena, e que gerou esta mágica postagem.


MOSCATELA ROXA E A LUA

- Olhem, olhem, tem alguém sentado na ponta da Lua?!

- Olhem rápido!!!

Foi a maior correria no reino da Fantasia. A Bruxauva que estava testando um feitiço saiu na disparada. Dona Fantasia falava ao telefone com o Platinho quando ouviu a gritaria.

- Mas que bagunça é essa! Exclamou Magalena, que estava escrevendo mais um de seus contos fantásticos... Abriu a janela, olhou pra Lua e lá estava ela em todo seu esplendor violeta: Moscatela Roxa, a travessa aprendiz de feitiçaria. Estava sentada na ponta da Lua colhendo estrelas para dar de presente à sua amiga, a Salamandrita.

Nossa, a Bruxauva ficou furiosa. Sem demora pegou sua varinha geradora de magia, apontando para ela, sorte que a Magalena a segurou porque senão era uma vez a Moscatela, as estrelas e a Salamandrita.

Autora: Lu Cavichioli


Magalena: Lu! Que alegria recebê-la aqui no mundo da dona Maria Fantasia! Viu só? A dona Fantasia agora diz que também é Maria... Mas voltando à Moscatela Roxa, ai, ai, se não fosse porque você nos alertou, não teríamos visto a danadinha sentada na ponta da Lua. E agorinha estou aqui segurando a dona Bruxauva pelas verrugas das orelhas, antes que ela faça alguma maldade contra a Moscatela e a Salamandrita. E então... Ai! A bruxa me mordeu!

Dona Maria Fantasia: largue o “osso” sua Bruxauva! Ou melhor dizendo: o dedo da Magalena! Ou será que você não reparou que hoje temos visita? A querida escritora e poeta Lu Cavichioli está nos prestigiando com sua imaginação linda em nossas historinhas.


E dizendo aquilo, Maria Fantasia que tudo podia no reino do Imaginário, fez o vestido da bruxa ficar branco e limpinho e pôs-lhe rendas cor-de-rosa...

Bruxauva: socorro! Cadê meu vestido esfarrapado e todo furadinho, que comprei na loja mais cara & chique do shopping?!



A bruxinha esperneava e desistiu de morder a Magalena e castigar a sua aprendiz de feiticeira: a Moscatela Roxa. Aí, Salamandrita, a garota mais esquentada da turma de criaturas fantásticas do blog da Magalena, já com uma boa porção de estrelas nas mãos, que ganhara de sua “amiga” Moscatela, fez sua travessura preferida: amassou as estrelas com farinha e óleo e nem precisou acender o fogo do fogão mágico para assá-las em forma de bolinhos, porque ela já era a representante do elemento fogo e chamas saíam-lhe pelos dedinhos afilados. Rapidamente e com mãos de Sol, antes que os bolinhos esfriassem, Salamandrita atirou-os ao céu e ordenou-lhes que fossem novas estrelas cadentes. Sua amiga Moscatela, sorrindo toda violeta, formulou vários desejos e convidou a Lu Cavichioli, que é sua leitora preferida e a escritora/poeta que melhor fala dela, para também formular um desejo.

Moscatela Roxa: eu quero que a Terra seja lilás; quero que os corações da humanidade sejam cor-de-rosa, que a Lua continue prateada, mas que seja de vez em quando violeta; quero que a Maria Fantasia seja cada vez mais Maria e se aproxime mais de todos nós; e, quero que agora, a querida Lu olhe para sua estrela cadente feita pela Salamandrita especialmente com açúcar e canela e tenha seu desejo concedido!!


Bruxauva: eca, será que no mundo da dona Maria Fantasia, o pessoal ainda não sabe que a moda agora é andar esfarrapado por aí caçando sapos? Se eu estivesse no lugar da desobediente Moscatela sentada na ponta da Lua, eu teria...


Moscatela Roxa: ah, mestra bruxa, me desculpe... Mas acho que a Lua teria se partido com o peso de suas gigantescas verrugas...


Autora: Madalena Barranco

Recebi este presente da minha querida amiga e escritora/poeta Lu Cavichioli, “mulher sabida” do mundo da Fantasia, e que me deixou lisonjeada pela homenagem que representa ao meu trabalho. Por isso, ousei continuar a historinha a seu pedido, para depois publicá-la no Morango nosso de cada semana. Obrigada Lu, eu adoro você!!!

Link para o blog “Escritos na Memória” de LU >

Beijinhos da Magalena.


---> NOVIDADES DA MORANGUINHA (Magalena):

Sonhos de Água & Sal – parte 2, um ensaio divertido sobre o escritor e navegador Amyr Klink, escrito pela Magalena já está online no Espaço ECOS, Canal Imaginário, portal de literatura da querida Vânia Diniz, que agora está entre nós e faz parte da turma de criaturas fantásticas do Letras de Morango: apresento-lhes a Vaninha! No próximo post ela mesma falará com vocês, na companhia da nossa controvertida Bruxauva. Aguardem... Enquanto isso, cliquem aqui e viagem pelos “Sonhos de Água & Sal”.
Clique aqui.




O querido amigo da Magalena, o poeta Eduardo Lacerda, editor do jornal de poesia contemporânea O CASULO, informa, e pede para divulgar o seguinte:

"
O Coletivo Vacamarela e a Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura - convidam a todos para o lançamento do oitavo número de O Casulo - Jornal de Literatura Contemporânea, dia 27/04 - 15 h.

Nesta edição o periódico traz uma entrevista com o artista Ricardo Aleixo. Publica poemas de Annita Costa Malufe, Zhô Bertholini, Renato Mazzini, Berimba de Jesus, Beth Brait, Gustavo Assano, Edson B. de Camargo, Sandra Ginez, Andréa Muroni, Del Candeias, Zuleica dos Reis, Deise Assumpção, Israel Antonioni, Bruno Molinero e Constança Lucas, e a tradução de um poema de Hermann Hesse feita por Tercio Redondo.

Todo o jornal foi ilustrado por Jozz, designer gráfico que acaba de lançar o livro O Circo de Lucca, pela Editora Devir."


Mais beijinhos da Magalena.

15 comentários:

  1. Madalena!! Que movimento no blogue! E que turminha danada!! Eu gostava de ver a Bruxauva cair da ponta da lua, mas como tudo tem um mas, nao gostaria de ver a lua partida!! (rs*) Bom fim de semana! Beijus

    ResponderExcluir
  2. Oi Madalena, é sempre uma viagem fantástica visitar o seu planeta mágico. É tanta coisa para se ler, refletir e ver que a gente nem sabe por onde começar primeiro.Também quero agradecer-lhe e dizer que sempre é uma emoção grande receber a sua visita na minha humilde aldeia e o carinho de suas preciosas palavras. Adoro suas criaturas, e hoje impregnei-me com a magia dessa linda estória conjugada pela magia de ambas as escritoras, sobre a colhedora sapeca de estrelas da Moscatela. Grande beijo para ambas, lilian

    ResponderExcluir
  3. Magalinda, vc publicou a histórinha?! Ah aque emoção, viu?? Vc me deixou bem feliz! Eu amei brincar um pouco com suas personagens fantásticas. E olha, eu tenho umas idéias aqui sobre essas historietas. Depois a gente se fala por e-mail.

    Obrigada minha querida, por seu carinho enooorme.
    Vc é linda, te adoro!
    ultrabeijos estelares da Lu

    ResponderExcluir
  4. Ahhh, eu adorei a bnonequinha que fez pra mim!! Já guardei, hehehe!!

    E parabéns por falar tb sobre Paulo Edu - ele dispensa comentários! É tudo de bom.

    Bj grande!

    ResponderExcluir
  5. Heheheh! Luma, querida, a Bruxauva está esperneando até agora com o seu comentário e nem me atrevo a lhe dizer o que ela... E eu, adorei suas palavra! Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ora, Madalena, se soubesse de todo este alvoroço em torno da visita da Moscatela Roxa à ponta da Lua, passaria aí nas terras de morango e levaria a todos para uma aventura lunar, a bordo da minha X-Wing. Ela mesma, a ex-nave de Luke Skywalker. Comprei-a por uma pechincha quando encerrou-se a saga de Guerra nas Estrelas.
    E nem precisava a ranzinza Bruxauva morder o "osso", ops, digo, o seu dedo. É, eu sei, a alimentação vegetariana às vezes deixa certas pessoas com dedos mais finos. E, mesmo que seja este o seu caso, aposto que mesmo assim eles são umas gracinhas.
    Idéia singular, esta da Moscatela sentada na ponta da Lua.
    Campos de morango para sempre.
    Um beijo! E na Lu Cavichioli, também.

    ResponderExcluir
  7. Lilian, em sua aldeia brilha a poesia e toda a sabedoria das forças da natureza... Você é que me emociona com sua singular arte poética. Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Lu, querida amiga, ai,ai, que bom que você gostou!! Fiquei feliz em compartilhar nossas letras de fantasia neste post especial. A bonequinha é a sua cara e tem seu jeitynho lindo & doce, não é mesmo? Hehehe! Beijos meus e da Moscatela, que adorou sentar-se na ponta da Lua através de suas palavras.

    ResponderExcluir
  9. Oh, Oliver... Para que você foi falar em aventura espacial? Agora a turma das criaturas ficará mais alvoroçada ainda. E não haverá moranguinhos que lhes bastem para conter-lhe a ansiedade... Guerra nas Estrelas é o filme preferido da Bruxauva! Adorei seu comentário, obrigada!! Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Que lindo, adoro ver minha amigas assim nessa interação e amizade plena.
    Adoro vocês , lindas e grandes poetisas!!

    beijos

    ResponderExcluir
  11. Rose, que bom que você gostou, querida amiga & dona dos segredos das rosas. Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  12. Que delícia ler "Madalena-Lúcia"!!
    Uma química perfeita de leitura descontraída e inteligente.
    (Vou mandar tantos beijos para vocês duas, que nem vão aguentar...)risos...

    ResponderExcluir
  13. Olá querida Joyce, eu eu achei uma delícia seu comentário. Hehehe! Obrigada pela química que compõe o crescimento da fantasia. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Madalena,
    Sua atividade e sua interatividade alimentam o sonho e a Web.
    Luiz Ramos

    ResponderExcluir
  15. Olá Luiz, são os amigos queridos assim como você e a Lu, que me incentivam a continuar. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...