domingo, julho 13, 2008

Morangos com pulmões > em defesa das florestas


Fundo da imagem copiada do site do Calendário Verde Faça a sua parte, destinada às blogagens coletivas do DIA DE PROTEÇÃO ÀS FLORESTAS 17/julho.
Para acessar todos os blogs participantes e ler suas postagens, clique aqui >
e aproveite para ajudar também com uma postagem em seu bloguinho!

BRISA DA SELVA

Aspiro feito folha verde ao vento
e levo meus desejos aos
pulmões abertos em dois.

A vida expira. Adeus respiro...
E tudo o que eu mais queria
tomba num tronco partido.

Aparo a seiva vermelha
com um lencinho amarelo
e me despeço do orvalho
que rola dos galhos
e seca na terra.


Madalena Barranco
Da série: Fantasia & Ecologia
Registro na FBN/EDA

Gnomo Azul: ah, eu e todas as criaturas fantásticas do blog Morango, que somos personagens-criaturas e representantes do elemento terra, aqui estamos para responder a mais essa blogagem coletiva proposta pelo Calendário Verde. Por mais que se fale e assuste as pessoas que vêem os noticiários com o alarmante desmatamento, até agora nada de concreto foi realizado. A nossa Amazônia, por exemplo, continua sendo depenada por conta da ganância. As leis de defesa à mata precisam ser mais severas e sua devida aplicação e manutenção através de mais guardas florestais, também! O que mais se espera?

Gnomo Verde: mestre Azul, eu que sou o gnomo mais verdinho de todos e trago em minha cor a esperança, confesso que fico desbotado a cada dia que passa, a cada árvore e cada plantinha que é arrancada sem piedade... Nós, os gnomos e outras criaturas entre reais e fantásticas que vivemos na mata, perdemos nossas “casas” todos os dias.

Gnomo Rosado: hoje mesmo, eu vi uma fila de tristes criaturas com gorros verdes carregando trouxinhas nas costas. Eles iam em direção aos jardins das cidades. Coitados... Mal sabem eles, que os jardins das cidades também não são respeitados da forma que deveriam... Hoje mesmo eu vi um jardinzinho com árvores recém plantadas, onde os alunos que saiam da escola se divertiam colocando garrafas vazias de refrigerantes nas pontas dos galhos, que lutavam para florescer...

Bruxauva: bah, e vocês não ficaram lá para ver o que EU fiz, com esses destruidores de jardins e brejos, onde grassam meus rechonchudos sapos?! Hehehe! EU encaixei as tais garrafas vazias formatadas com magia na cabeça de cada um...



--> NOVIDADES DA MORANGUINHA (Magalena):

Lu Cavichioli, a queridíssima e mágica amiga da Magalena comunica o lançamento de seu primeiro livro solo de poesia: RE (CANTOS) DE MIM. A Magalena está muito emocionada, porque conhece a Lu há vários anos e sempre foi fã de sua arte poética e também em prosa. A LU CAVICHIOLI é uma daquelas pessoas especiais, que escrevem em defesa da fantasia ao seu estilo próprio, recheado de belas mensagens. A Magalena também possui um motivo muito bom para estar assim tão feliz: a Lu a convidou para escrever as orelhinhas de seu livro!! Obrigada, Lu, nem sei como agradecer a alegria de fazer parte de seu lindo projeto. Agora vamos aos dados do lançamento. Anotem:

O lançamento será no dia 26/julho, das 19 às 22 horas, no Espaço Cultural Antonio Adolpho, no bairro da Saúde.

Para maiores detalhes acesse o blog da Lu Cavichioli: clique aqui >



--> NOTÍCIAS DA VANINHA (do Portal Vânia Moreira Diniz):

A Vaninha informa: o Portal VMD está retomando suas atualizações depois de um breve período.
Clique aqui >


Dica da semana da Vaninha: o texto “Herança Bendita” da Vânia Moreira Diniz do Portal VMD fala diretamente à introspecção de todos os corações humanos.
Clique aqui >



Beijinhos da Magalena e de toda a turma do Morango!

36 comentários:

  1. Madalena, que lindo e importante post. As crianças são nossa maior ferramenta para preservação da natureza, desde que bem orientadas.
    Anotei teu link e vou encaminhá-lo ao pessoal do Faça, para ser inserido no post do dia da blogagem, ok.
    beijo, menina

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Olá, turminha dos Campos de Morangos!

    Estive ausente por alguns dias, pois estava às voltas com os diversos acontecimentos que envolvem um importante evento que acontece uma vez por ano na minha cidade: a FLIP.
    Agora as coisas começam a voltar aos seus devidos lugares e voltarei com mais frequência para visitá-los e me encantar com este mundo de encantamento e fantasia, que passa informações tão importantes a todos os visitantes, quanto esta blogagem coletiva proposta pelo Calendário Verde.
    Talvez não possa participar, mas vou dar um jeito de encaixar a informação lá nas minhas janelas para ajudar na divulgação.
    Bruxaúva: parabéns pela magia que encaixou as garrafas vazias nas cabeças da molecada. Gostaria de ter visto as caras de cada um deles.
    Madalena: gostei demais do seu poema Brisa da Selva. Recentemente acompanhei a agonia de uma enorme seringueira sendo abatida a machado dia após dia e nenhum dos meus vizinhos se comoveu com essa atrocidade. Briga solitária com o proprietário do terreno, amparado por autorização da prefeitura. Vencido, resta-me observar todos os dias, o que sobrou da árvore que admirei todos os dias nos últimos vinte anos.

    Beijos e abraços a todos.

    ResponderExcluir
  4. Madalena,
    Lindo o poema. Importante também sua conscientização sobre a preservação das florestas. As criaturas de Morango estão sempre engajadas em boas ações.
    Eu também gostaria de estar com a Lú no lançamento de seu livro. Ainda não sei como, mas vou querer um exemplar autografado.
    Sua colagem ficou ótima, na foto. Eu estou aprendendo a usar mais o Photoshop.
    Abraços
    Luiz Ramos

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga,

    Que fantástico, o poema é maravilhoso, gostoso, toca a gente.
    tudo divino e maravilhos, como sempre...
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise,

    Que bom que você gostou!! Muito obrigada - espero que muitas pessoas postem em defesa das florestas.

    Beijos,
    Madá
    P.S.: seu blog & post sobre a hortinha caseira está uma graça - eu adorei!

    ResponderExcluir
  7. Zeca, querido amigo!!

    Obrigada pelo lindo comentário. A Bruxauva não quis admitir, mas ela adorou...

    E eu, fiquei também muito triste por causa da pobre seringueira. Algumas pessoas não têm consciência de que um dia chorarão de verdade pela falta de uma árvore para aliviar-lhes os pulmões...

    Beijos,
    P.S. seu posto sobre a FLIP está um show.

    ResponderExcluir
  8. Luiz Ramos querido amigo,

    Obrigada pelo incentivo e comentário, que sempre vêm em boa hora!!

    O lançamento do livro da Lu é algo mágico.

    E... Obrigada por ter gostado de meu Photoshop de iniciante - rsrsrs!

    Beijos e tenha um a linda semana,
    Madá

    ResponderExcluir
  9. Querida Bandeiras,

    Obrigada pelo sensível comentário!! A turminha do Morango adooora sua poesia romântica.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. Magalena,

    parabéns pelo seu trabalho imaginativo e divertido, sem deixar de ter um pendor didáctico muito interessante.

    Aproveito para felicitar a Lu pela edição do seu livro de poesia e a si, por ter sido convidada para escrever as "orelhinhas".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. madalena

    Como gosto de vir aqui e devorar todos os morangos de sua plantação.
    A Lú nossa querida amiga também desejo muito sucesso e compartilho com as duas essa grande alegria.beijos

    ResponderExcluir
  12. Como sempre um post informativo e importante Madá!
    A poesia tão delicada... Adoro a maneira como escreves!
    beijos lindona

    ResponderExcluir
  13. Olá, Madalena!
    Passei para ler as novidades e para agradecer as palavras deixadas no meu blog de poesia.
    Obrigado.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Minha querida Madalena,

    o Blog está lindo! Adorei "Vento Outonal": é pura magia de letras.
    Minha Musa das Astúrias! obrigado por mencionar o Blog Imprimis de forma tão destacada, colorida e querida.

    Beijos
    do
    Sílvio.

    Campinas, é inverno de 2008.

    ResponderExcluir
  15. Olá, doces e encantadoras criaturinhas do FLOR DE MORANGO, bom-dia!...
    Eu bem que gostaria de estar presente na NOITE DE AUTÓGRAFOS da Lu Cavichioli, porém o meu MUNDO FANTÁSTICO fica a anos-luz do local do evento, o que dificulta (e muito!) a minha locomoção. Mas, como grande admirador confesso dos que sabem brincar com as palavras, fico torcendo daqui pelo sucesso da menina... E por falar em menina, estou em dívida com uma: a Fadinha Madá, a Fada-Madrinha dos LITERATOS PRINCIPIANTES, a mãe adotiva de todos vocês. Caso encontrem-na, digam a ela que estamos batalhando para que o SACRÁRIO DAS PALAVRAS possa estar aberto a todos os internautas no menor espaço de tempo possível. Estamos acertando com outro profissional a possibilidade de ele administrar o nosso ESPAÇO LITERÁRIO.
    Um forte abraço a todos e, mais uma vez, sucesso à menina LU CAVICHIOLI.

    ResponderExcluir
  16. Ah como é gostoso vir aqui, nessa manhã de sábado. Renovo o ar dos pulmões no contentameno dos olhos que escutam esse clamor pela vida desse jeito bonito, suave, bem humorado e mágico que encontro aqui. E mais: gostei tanto da poesia que se a Madalena permitir, vou publicar Brisa na Selva no meu florescer(com os créditos a ela, é claro).

    ResponderExcluir
  17. Super Maga da literatura,

    É sempre bom vir ao seu blog querida, pois ele transpira bons fluídos. Como sempre poemas voltados à natureza e sua preservanção. Te aplaudo querida amiga,pela iniciativa e divulgação em versos.

    Venho também agadecer emocionada por tuas palavras. Nossa amizade é longa na estrada das letras e você sabe o quanto eu sonhava com minha publicação solo.

    É honra e felicidade tê-la em meu livro. As "orellhinhas" acendem estrelas, porque ficou mágica explanação.
    Muito obrigada linda Madalena em aceitar meu convite com tanto carinho e apreço.
    Te espero e (QUERO) tua presença no lançamento! rrsrsrsr...

    Obrigada a todos que aqui deixaram a mim suas congratulações.
    Um grande beijo !

    ResponderExcluir
  18. Querido amigo Carlos Soares,

    Obrigada pela tua visita e comentários, que sempre nos deixam felizes!! Teus comentários deveriam transformar-se em um livro.

    A Lu merece o carinho.

    Beijos para o amigo de além mar, com carinho,
    Madá

    ResponderExcluir
  19. Oh, Rosa querida,

    Por favor, não devore os moranguinhos do nosso template... Rrsrsrsr! Já basta o Gnomo Rosado fazer isso de sempre em sempre. Rsrsrsr. Brincadeirinha, amiga. Pode "devorar" a vontade, porque eu também faço o mesmo com as rosas do seu jardim de letras poéticas.

    Beijos e obrigada! A Lu merece o carinho.
    Madá

    ResponderExcluir
  20. Oh, Letícia,

    Muito obrigada pelo comentário! Eu também adoro suas palavras e lindas poesias de múltiplos e inteligentes sentidos.

    Beijos,
    Madá

    ResponderExcluir
  21. Obrigada, Vieira,

    Imagine... Visitar seu blog é uma viagem ao mundo da Poesia de Qualidade!

    Beijos,
    Madá

    ResponderExcluir
  22. Sílvio Medeiros, meu velho e querido amigo de outros sites,

    Fiquei muito feliz com sua visita e palavras de incentivo. Que bom que gostou de meu poeminha!! Seu site é belíssimo e exala sabedoria - merece ser divulgado e conhecido por mais pessoas.

    Beijos, com carinho. Obrigada amigo.
    Madá

    ResponderExcluir
  23. Joésio, amigo de Planaltina!!

    Obrigada pela visita e palavras, sempre bem-vindas ao nosso mundo da fantasia. Oh, não se preocupe com o site Sacrário das Palavras... Tudo há de se acertar... Isso são "coisas de internet".

    Obrigada pelo apoio à minha querida amiga Lu Cavichioli - ela merece o carinho.

    Beijos meus e do Duende Lilás.
    Madá

    ResponderExcluir
  24. Jacinta, querida, e eu em seu blog, sinto o Florescer da natureza humana através da sua palavra bem cuidada e poética!

    Puxa, muito obrigada!! Claro, pode publicar o poeminha da selva em seu blog. Será uma honra para mim e toda a turminha do Morango.

    Obrigada - mil beijos,
    Madá

    ResponderExcluir
  25. Lu, querida amiga,

    E eu aqui, emocionada com seu merecido sucesso. Agora os amantes de poesia terão Lu Cavichioli em "Re (Cantos) de Mim" para celebrar a vida em seus versos fantásticos.

    Beijos, com carinho
    Madá

    ResponderExcluir
  26. Antonio Manoel Abreu Sardenberg comenta: Minha querida amiga e grande poetisa Madalena Barranco. É bom poder estar aqui novamente e passear por esse seu recanto tão lindo. Boas férias para você. Que Deus te acompanhe. Um abraço carinhoso do seu amigo - Sardenberg

    ResponderExcluir
  27. Querido Antônio Sardenberg,

    Muito obrigada pela visita, que sempre traz em suas palavras um pouco de sua "Alma de Poeta".

    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Antonio Manoel Abreu Sardenberg comenta: Minha querida amiga e grande poetisa Madalena Barranco. Gosto de estar aqui no seu espaço cultural. A suavidade do seu trabalho e o conteúdo da obra literária me encanta. Você proporciona um lindo blog aos leitores internautas amantes de poesia. Parabéns e um abraço do seu amigo fidelense - Sardenberg

    ResponderExcluir
  29. Aspiro/Expira/Respiro. BRISA DA SELVA Inspira. Que poema tocante, bem escrito, triste e lírico.
    *
    Andar por este blog é visitar a criança de nossa infância. E sublimar.
    *
    Um beijo,
    Chico (Assis de Mello)

    ResponderExcluir
  30. madalena,

    havia tempos que não vinha em teu espaço... e como está bonito, tão cheio de cores e vida! fico sempre muito grato e orgulhoso de merecer sua atenção e visita ao meu modesto, sazonal, e tão pálido blog... és uma pessoa especial, e aqui podemos confirmar isso com alegria. obrigado por tudo o que fazes pelas pessoas, pelo planeta.

    beijos equatoriais!

    r

    ResponderExcluir
  31. Madalena,
    Estou com livro da Lu, autografado!
    Um livro que se inscreve na Literatura Brasileira.
    Senscaional a tua participação na edição de "Re(cantos) de mim". Parabéns, muitos.

    ResponderExcluir
  32. Assis de Mello, muito obrigada pelo seu comentário. Fico feliz em saber que a sua "criança" se sente em paz em meu bloguinho.

    Abraços e obrigada.

    ResponderExcluir
  33. Querido Renato Torres, que alegria receber o poeta dos grandes rios e águas profundas em nosso campo de morangos!!

    Obrigada pela surpresa e seu blog "Páginas Brancas" é preenchido pela alma da poesia...

    Beijos e obrigada amigo!!

    ResponderExcluir
  34. Querida Tere,

    Muito obrigada... Que bom que você gostou das orelhinhas do belíssimo livro da Lu!!! Eu estou curiosa... Assim que retornar de férias me atirarei às correspondências para finalmente ver o livro Re(cantos) de Mim, que está aguardando por mim na caixa de correspondência do prédio...
    Beijos, obrigada amiga!!

    ResponderExcluir
  35. Olá, Magalena e toda a turminha dos Campos de Morangos! Só passei pra ver se já estavam de volta, deixar meu carinho e meu abraço. Curtam muito essas férias e até a volta, que seja breve.

    ResponderExcluir
  36. Hoje estive por aqui.
    E, desejo muitas felicidades.

    Manuel

    ResponderExcluir

Plante um moranguinho com seus comentários. A Magalena e sua turma responderão por aqui, ou, diretamente em seus blogs. Obrigada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...